Logo

Patrono

O Marechal-do-Ar Casimiro Montenegro Filho, patrono da Fundação Casimiro Montenegro Filho, nasceu em Fortaleza, Ceará, em 1904. Desde cedo, interessou-se pela aviação, que naquela época, dava os primeiros passos e começava a apresentar os contornos de algo que marcaria o modo de viver das pessoas em todo mundo.

Em 1923, entrou na Escola Militar no Rio de Janeiro, alcançando com rapidez posições importantes, mostrando habilidade e competência nas funções que exercia. Em 1931, foi o piloto que tornou realidade o Correio Aéreo Nacional, fazendo pela primeira vez um vôo histórico do Rio de Janeiro para São Paulo, levando uma única carta.

Sempre manteve sua forte vocação de pioneiro e visionário. Acreditava firmemente na força da educação, como ferramenta do desenvolvimento. Dedicou-se particularmente para construir bases para atividades industriais que assegurassem o desenvolvimento da aviação e de seu país. Concluiu com êxito o Curso de Engenheiro Militar na Escola Técnica do Exército em 1938.

Em 1943, já promovido a Tenente-Coronel, assumiu a Diretoria Técnica da Aeronáutica, quando começou a pensar que somente teríamos uma indústria aeronáutica no Brasil quando se pudesse dispor de uma escola que pudesse proporcionar a formação e a preparação dos técnicos de alto nível que seriam necessários. Germinava, em sua cabeça privilegiada, a idéia da criação do Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA.

Procurou então, as escolas mais destacadas do ramo, em particular nos Estados Unidos, onde visitou o Massachussetts Institute of Technology - MIT e o Wright Field, destacado centro de treinamento e de formação de pessoal para a Força Aérea norte-americana. Naqueles seus pensamentos caminharam na direção de criar um Centro Técnico que pudesse se apoiar em três direções básicas: ensino, pesquisas e indústria. Foi assim que, auxiliado por uma equipe de oficiais da aeronáutica e assessorado pelo Prof.-Reitor Richard Smith do MIT, em 1948, começou a transformar o sonho em realidade.

É pela multiplicidade de sua presença na vida pública do país que o Marechal Montenegro há de ser conhecido, perpetuado, entendido e louvado. Como valoroso militar, como administrador diligente e íntegro, como leal companheiro e como chefe de família exemplar.

O Marechal Casimiro Montenegro Filho faleceu aos 95 anos, no dia 26 de fevereiro de 2000, em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, deixando um legado de extrema importância ao desenvolvimento do país e um exemplo dignificante para todas as gerações vindouras.


< Voltar


| Institucional | Contatos | Licitações | Parceiros | Imprensa | Área Interna | Projetos | Recursos Humanos |
Praça Marechal-do-ar Eduardo Gomes, 50. Vila das Acácias. Plano Diretor CTA 115. Campus ITA. CEP: 12.228-900
São José dos Campos - SP - Tel: (12) 3947-5843
Copyright 2008-2010 Fundação Casimiro Montenegro Filho